domingo, 13 de janeiro de 2013

DEZ TROVINHAS DE DOMINGO


I

já faz tempo, tempo tanto
a poesia vem no vento 
vem chegando como encanto
 flor descalça flor rebento.

 II

 bela flor na bela trova.
 voa voa Demoiselle.
 borboleta, lua-nova
 e poesia sobre a pele.

III

muito boa sua trovinha
e o ventinho no quintal
é de uva a sua vinha
o meu vinho vendaval.

IV

Coloquei o amor no céu
 e de lá geme e claudica
 tem na terra amor e fel
 no amor que passa_e_fica.

V

devi di sê u calô forte
di mexê nem mexe foia.
nariz tupiu, eita sorte
só resolveu saca-roia.

VI

eu que tanto trovo quanto
escrevo em tinta azul
pra quem veste rosa-encanto
vai blue-blue no vento-sul.

VII

as mãos em tua cintura
teus passinhos peneirando  
meu benzinho que quentura
- tu voaste estou voando...

VIII

duas trovas no domingo
e nas duas abro o peito.
nessa voo qual flamingo
e na outra por seu jeito.

IX

uma trova bem nos trilhos
luz e som, e toda certa.
vem de ti em brilho e brilhos
- vem de bonde, mais liberta.

X

é você, meu bem-querer
faça chuva, faça sol
quando venho pra te ver
gira aqui um girassol.

Marco Bastos





7 comentários:

Vania de Castro disse...

Marco,
sou aprendiz em escrever trovas e, consequentemente em avaliá-las. Mas ao vir aqui, consigo apenas sentir as trovas escritas e me deliciar com a beleza da sua construção poética. Diz tanto com tão pouco, numa precisão de rimas e sons,como o fado bem cantado, bem sentido. Toca a alma. Lindo. Que as letrinhas continuem bailando à sua frente com toda a criatividade do Poeta talentoso, criatividade de quem sabe exteriorizar aquilo que está vivo no fundo da alma. Parabéns pelo belíssimo trabalho.
Receba meu carinhoso abraço.
Vania

Sunny L disse...

"Coloquei o amor no céu
e de lá geme e claudica
tem na terra amor e fel
no amor que passa_e_fica."

Puxa vida... A trova é para quem sabe fazer. Esta mexeu comigo. É bela, profunda e não tem nada de simples. Um abraço grande, estou colocando seu blogo dentre os meus preferidos. Sunny

maria inez disse...

Que posso dizer ao poeta? Tuas palavras me encantam e meu domingo ficou muito mais bonito ao começar com versos tão cheios de significados. E embora não faltasse nada, ainda envias o fado que aquece a alma.
Obrigada

disse...

Uma maravilha seu blogue e suas trovinhas . É que trova não é para todos não.Venho sempre eu posso mas está já nas minhas preferências beijo doce da Té

marcia disse...

Sua ternura nas trovas é bela ...Te abraço

Jorge Sader Filho disse...

Acertou em cheio nas trovas, caro Marco.
Agradam sempre! Abraço,
Jorge

Diana disse...

Assim é o verdadeiro artista. Faz parecer fácil o que exige conhecimento, técnica, prática, talento e muita sensibilidade. Amei as trovas domingueiras, trovas de todos os dias, da vida inteira.